Aposentadoria por invalidez – Depressão

Descubra se a depressão pode gerar aposentadoria por invalidez do INSS 

aposentadoria por invalidez é uma das modalidades de benefícios pagos pela Previdência Social do Brasil. Para recebe-la existem alguns critérios que são seguidos e regras predefinidas que norteiam que tem direito a tal benefício. 

depressao-aposentadoria-INSS-por-invalidez

Existe uma lista de doenças que garantem aos seus portadores o direito imediato a aposentadoria por invalidez, mas isso não significa que apenas os segurados que tenham as doenças da lista terão direito ao benefício previdenciário. 

Qualquer doença que durante o recebimento do auxílio doença impedir a recuperação do trabalhar, poderá ser convertida para aposentadoria. Isso depende da avaliação do médico responsável pela perícia. 

Neste artigo explicaremos se a depressão da direito a aposentadoria por invalidez e qual o procedimento para solicitar o benefício, características da doença e vários outros temas relacionados ao assunto. 

Quem tem direito a aposentadoria por invalidez? 

direito a aposentadoria por invalidez é adquirida pelo segurado que ao ser afastado do trabalho e após passar por tratamento médico recebe o diagnóstico de que não é possível sua reabilitação para o trabalho.  

Ou seja, a sua condição de saúde não vai apresentar melhoras que possibilitem que o trabalhador volte a assumir seu posto de trabalho e nem qualquer outra função. 

Sendo assim, o médico do Instituto Nacional de Seguro Social faz essa constatação através da avaliação de exames, laudo e pareceres e indica a necessidade da aposentadoria por invalidez. Nessa situação o auxílio doença deixa de existir, pois é convertido para a aposentadoria. 

Segurados afastados por depressão tem direito a aposentadoria por invalidez? 

Atualmente uma das doenças que mais tem gerado afastamento do trabalho é a depressão. A alta competitividade no ambiente de trabalho, o estresse do dia a dia, a situação caótica das cidades e o isolamento social resultam em pessoas cada vez mais individualistas e ficados em sucesso pessoal. 

depressao-aposentadoria-INSS-por-invalidez

Porém essa cobrança constante provoca muitos resultados negativos em grande parte da sociedade que deixa de ter momentos de descontração, alegria e de convívio com a própria família para se dedicar ao trabalho e ao atingimento de metas que nunca são o suficiente. 

Além da depressão existem outras doenças psiquiátricas que também tem gerado grande número de afastamentos do trabalho. Síndrome do pânico, esquizofrenia, transtorno obsessivo compulsivo e outros são alguns dos exemplos clássicos dessas doenças. 

Segurados afastados por depressão tem direito a aposentadoria por invalidez desde que haja o entendimento de que o quadro é irreversível. É justamente nesse ponto que existe a dificuldade na concessão do benefício, pois a depressão é considerada uma doença que pode ser controlada com medicação e pode regredir vindo a desaparecer. 

Depressão da direito ao auxílio doença? 

No caso do auxílio doença, o segurado com depressão consegue o afastamento do trabalho com facilidade, pois a doença é uma das que mais tem provocado solicitações desse benefício. 

Inclusive, conforme mencionei no início do texto, as exigências cada vez maiores do ambiente corporativo é uma das grandes causas apontadas pelo adoecimento psíquico de seus colaboradores. 

O auxílio doença entra como uma forma do trabalhador se afastar do ambiente estressante, iniciar um tratamento e depois de apresentar melhoras poder retornar a empresa e assumir novamente o seu cargo. 

Como age a depressão? 

A depressão é uma doença incapacitante que pode causar grandes prejuízos e ate morte do paciente se não for tratada. 

Milhares de pessoas em todo o mundo tem sido diagnosticadas com essa doença que muitas vezes pode ser entendida como cansaço, tristeza ou até preguiça. 

É muito importante buscar um diagnóstico com um profissional da área para que o tratamento possa ser iniciado o quanto antes. O isolamento social, o desinteresse por itens que antes geravam prazer, falta de sono ou sonolência constante, cansaço contínuo, desinteresse por amigos e qualquer outra atividade do cotidiano são sinais que podem sim significar um início de depressão. 

Além disso pode ocorrer mudanças no humor, emagrecimento ou ganho de peso em curto espaço de tempo, falta de conexão com o mundo ao redor, perda de esperança, falta de perspectiva, crises de choro e vontade de tirar a própria vida. 

A depressão é uma doença silenciosa e que requer um tratamento sério e continuo para que a pessoa doente possa se restabelecer e enfrentar esse difícil momento. O apoio dos amigos e principalmente da família é fundamental para que a recuperação aconteça. 

Depressão tem cura? 

A depressão tem cura e pode ser controlada com medicação apropriada. Terapia com psicológicos é uma ótima alternativa a ser considerada.  

depressivo-tem-direito-a-aposentadoria-por-invalidez

O tratamento psicológico tem se mostrado muito eficaz no enfrentamento dessa doença, pois permite real contribuição para a recuperação do paciente. 

Se ainda houver qualquer dúvida sobre o tema aposentadoria por invalidez e depressão, entre em contato com a central de atendimento do INSS que atende no número 135, de segunda a sábado das 7 as 22 horas.