Como Ficar em Dia com INSS – Regularizar Contribuições

Contribuições para o INSS

Se você deixou atrasar as contribuições do INSS entenda como pode regularizar o pagamento da contribuição. mas fique de olho nem todo mundo pode e precisa desembolsar esse valor. Entenda abaixo primeiro como funciona a contribuição do INSS. Depois falaremos quem pode e quem não precisa pagar para regularizar. E no fim falaremos como você pode realizar o código e gerar o guia da previdência social.

A contribuição para o INSS é importante pois a partir dela você se torna um segurado da instituição. Quando você contribui com a instituição tem direito de inúmeros benefícios como aposentadoria, auxílio doença e pensão por morte. Quando você é empregado de carteira assinada a empresa se compromete com essa burocracia. Ela faz o seu cadastro no INSS e contribui todo mês na sua conta do INSS.

Porem se você não trabalha de carteira assinada e quer contribuir com o INSS é possível realizar você mesmo o cadastro. Pelo site do INSS você pode realizar o cadastro e gerar a guia da previdência social para pagamento. As formas de contribuição desse cadastro são autônomas ou individuais e facultativa. Após realizar o cadastro basta pagar em dia para ser um segurado e ter o direito aos benefícios.

Se você já é um segurado e deixou atrasar seus pagamentos do INSS saiba como regularizar a sua situação. Porem nem todos precisam pagar os atrasados. E em alguns casos também não fara diferença. Entenda esses casos abaixo para depois saber como realizar o calculo dos atrasados do INSS e regularizar sua situação.

ficar-em-dia-inss

Quem pode ou precisa pagar os atrasados.

Como dito acima não é todo mundo que precisa realizar o pagamento dos atrasados no INSS. Em alguns casos basta comprovar o período trabalhado para o INSS contabilizar o tempo como de contribuição. entenda mais esses casos agora.

Os casos mais comuns de quem não precisa pagar os atrasados no INSS são: trabalhadores rurais antes de 1991, trabalhador autônomo prestando serviço para pessoa jurídica e emprego informal (sem assinar a carteira). Nesses casos você não irá precisar contribuir com os atrasados basta comprovar por documentos essas situações no período de atraso. Se houver comprovação o INSS irá contabilizar esse período sem você pagar os atrasados.

Em alguns casos não será de nenhuma valia pagar os atrasados para o INSS. Se você está pensando em pagar algumas contribuições adiante para ter acesso a aposentadoria mais rápido, entenda melhor a situação.

Os contribuintes de forma facultativa podem pagar os atrasados se a guia previdência social não estiver atrasada mais de 6 meses. Esse tipo de contribuição é de quem não trabalha, mas paga o INSS para ter direito a benefícios como a aposentadoria. Nesse caso você não pode contribuir com mais de 6 meses de atraso na contribuição do INSS.

Já o contribuinte individual ou autônomo é aquele que exerce atividade remunerada porem não tem carteira assinada. Nesse caso de contribuição você pode contribuir com os atrasados de qualquer período. Se você já era cadastrado no INSS como contribuinte autônomo antes de pagar os atrasados não é preciso que comprove o trabalho exercido. Porem se não estava cadastrado para pagar os atrasados será necessário que comprove a atividade exercida.

Entenda agora como você pode realizar o cálculo pelo site do INSS dos atrasados para realizar o pagamento. E dessa forma regularizar o seu atraso junto ao INSS e ficar em dia com a contribuição.

inss-ficar-em-dia

Calculo dos atrasados INSS

Se você está atrasado com a contribuição no INSS e quer regularizar a sua situação saiba como calcular o quanto pagar. Para facilitar o calculo dos atrasados ou não do guia previdência social o INSS disponibiliza um sistema para tal ação.

Pelo sistema de acréscimo legal (SAL) você pode calcular as contribuições estando elas atrasadas ou não. Basta acessar essa opção na pagina da receita federal e escolher a categoria de contribuinte a qual pertence. Além da categoria você irá precisa informar o número do seu pis. Apenas com essas informações citadas acima você poderá calcular o valor a pagar para o INSS e assim ficar em dia com a sua contribuição.

Acima você entendeu que nem todos precisa pagar o INSS para ficar em dia ou se aposentar, em alguns casos basta localizar documentos que comprovem a atividade exercida na época do atraso. Você viu também que nem todos podem contribuir com os atrasados entendendo as regras de quem pode ou não. A por fim você entendeu como pode calcular o valor a pagar para o INSS pelos atrasados. Basta entrar no site da receita federal e informar alguns dados.

Se você ficou com alguma duvida sobre como ficar em dia com a contribuição do INSS pode ter outras informações. Pela pagina oficial ou pelo número 135 você pode tirar todas suas duvidas e ter outras informações sobre o assunto.

inss-pagar-atrasados