Como pagar INSS – Dúvidas Frequentes

Tire todas as suas dúvidas frequentes sobre como pagar INSS

Trabalhadores que não trabalham com registro em carteira e que se enquadram na situação de autônomos também podem ter direito aos benefícios proporcionados pela Previdência Social e isso porque há como pagar INSS de forma facultativa.

duivdas-frequentes-como-pagar-INSS

Esse assunto é de interesse de muitos cidadãos brasileiros que desejam ter direitos garantidos na época de se aposentarem, porém não exercem atividade remunerada com registro em carteira.

Ao contrário do que muitos pensam é possível adquirir tais direitos, porém existem dúvidas frequentes sobre como pagar INSS de forma obrigatória e facultativa.

Como pagar INSS sendo autônomo

Embora muitas pessoas obtenham sucesso profissional trabalhando de forma liberal como autônomo ou profissional independente vale a pena pensar no futuro. Ao atingir determinada idade é normal que pensemos em descansar e aproveitar a melhor idade com direitos garantidos e que nos de certo conforto para viver esse momento.

Estudos comprovam que milhares de brasileiros se preocupam com esse momento. Apesar dos dados serem altos a esse respeito menos de 10% dos cidadãos do país que trabalham de forma autônoma contribuem com o INSS.

Talvez isso ocorra porque existem muitas duvidas sobre esse assunto e muitos optam por deixar de lado esse importante assunto. Por esse motivo é importante esclarecer dúvidas frequentes sobre como pagar INSS sendo autônomo.

É importante que cada vez mais autônomos e trabalhadores liberais possam se prevenir para o futuro optando por um plano forma de aposentadoria.

Tipos de filiação para pagamento de INSS

A legislação atual prevê que uma filiação é um vínculo jurídico que pode ser estabelecido entre um cidadão e a Previdência Social quando este cidadão opta por contribuir através de pagamentos obrigatórios ou facultativos.

Após o estabelecimento do vinculo esse cidadão passa a ter os mesmos direitos que um trabalhador formal que trabalha com carteira assinada para uma empresa pessoa jurídica.

como-pagar-INSS

Esses direitos se estabelecem em forma de benefícios, serviços e obrigações.

O pagamento facultativo ocorre quando o cidadão trabalha de forma autônoma ou é microempreendedor e deseja contribuir com a previdência visando uma aposentadoria no futuro.

Geralmente se encaixam nessa categoria os taxistas, diaristas, eletricistas, vendedores ambulantes e demais trabalhadores que trabalham sem registro em carteira e de forma independente.

Até menores de idade ou pessoas que não possuem uma renda definida, mas que ainda assim desejam contribuir podem faze-lo normalmente de forma facultativa.

Como fazer os pagamentos ao INSS

Geralmente as dúvidas frequentes sobre como fazer os pagamentos ao INSS ocorrem porque boa parte da população ainda não sabe como funciona esse processo. Porém, informamos que é bem simples e fácil.

Os pagamentos devem ser realizados mensalmente através de uma guia gerada no próprio site do INSS. Se o trabalhador optar por contribuir sobre um salário mínimo, é possível realizar os pagamentos trimestralmente.

Ao entrar no site basta selecionar o código referente ao pagamento trimestral. Nesses casos são somados os valores de três meses que é pago em uma única vez sempre de três em três meses.

Plano normal de contribuição

Nesse plano são recolhidos 20% do valor do salário de contribuição. Os pagamentos servem para contagem de tempo e concessão dos benefícios oferecidos pela previdência social. Existe uma tabela de contribuição disponível no site do INSS e que pode ser consultada a qualquer momento clicando em INSS.gov.

Nesse plano entende-se que os valores da aposentadoria e benefícios serão maiores devido o valor da contribuição também ser consideravelmente maior do que os demais planos que geralmente recolhem menos.

Planos simplificados de contribuição

Se você optar por um plano mais simples, poderá pagar o plano simplificado de contribuição que tem como alíquota 11%. Podem contribuir pessoa física que não possuam vínculo empregatício com pessoa jurídica. Nesse caso o desconto é realizado sobre o valor do salário mínimo vigente na data do recolhimento.

Para pessoas consideradas de baixa renda e que desejam contribuir existe um plano cuja alíquota é de apenas 5% sobre o salário mínimo. Para contribuir nesse plano é necessário procurar uma unidade do CRAS e fazer cadastro no Cadunico para que o perfil econômico seja identificado como de baixa renda.

duvidas-sobre-como-pagar-INSS

No site do INSS estão disponíveis todos os códigos referentes a todos os tipos de recolhimento e estes podem ser consultados a qualquer tempo para tirar duvidas ou esclarecer alguma questão relacionado com o tipo de recolhimento selecionado.

Informações sobre a GPS que é a guia de recolhimento também estão disponíveis no site para consulta. Existem instruções de como preencher a guia, as informações solicitadas e demais esclarecimentos sobre esse importante assunto que é do interesse de tantas pessoas no Brasil.

Se você deseja começar a pagar INSS e tem duvidas frequentes sobre algum assunto que não mencionamos, não deixe de procurar uma agência do INSS ou da Caixa Econômica para esclarece-las.