INSS reajuste 2019 – Contribuição

Conheça a tabela de reajuste de contribuição do INSS para 2019 

Você sabia que todos os anos acontece o reajuste da contribuição do INSS? Pois é, esse é um procedimento realizado anualmente e que impacta sobre os segurados que mensalmente contribuem com a Previdência Social.  

INSS-reajuste-2019

Da mesma maneira que os benefícios previdenciários, benefícios pagos pelo governo como o bolsa família, salário mínimo e outros sofrem aumento, os valores das contribuições mensais também aumentam.  

Neste artigo será apresentada a nova tabela de reajuste de contribuição do INSS 2019 e outras informações importantes sobre esse tema que é do interesse de milhares de brasileiros que são segurados do Instituto Nacional de Seguro Social e Previdência Social.  

O que é o reajuste de contribuição 2019 do INSS? 

Está lembrado que todos os anos, no começo do ano, é reajustado o salário mínimo e todos os benefícios do INSS? Pois é. Da mesma forma que os pagamentos são reajustados, os valores das contribuições ao INSS sofrem reajuste igualmente.  

O detalhe é que tanto os aumentos de salários, quanto os aumentos das contribuições acontecem em Janeiro de cada ano. A tabela vigente pode ser consultada no site www.inss.gov.br ou clicando AQUI 

Abaixo estão as tabelas vigentes conforme cada perfil de contribuinte. Veja todas elas e identifique em qual perfil você se encaixa: 

Tabela para Contribuintes INSS Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso 2019 

Salário de Contribuição (R$)  Alíquota 
Até R$ 1.693,72  8% 
De R$ 1.693,73 a R$ 2.822,90  9% 
De R$ 2.822,91 até R$ 5.645,80  11% 

 Tabela para Contribuintes INSS Individual e Facultativo 2019 

Salário de Contribuição R$  Alíquotas  Valores 
R$ 954,00  5%   R$ 47,70 
R$ 954,00  11%   R$ 104,94 
R$ 954,00 até R$ 5.645,80  20%  Entre R$ 190,80 e R$ 1.129,16  

 Essas são as tabelas vigentes conforme cada perfil de segurado e salários recebidos por eles. Com base nesses dados encontre a alíquota que o seu perfil de contribuinte deve pagar em 2019.  

Como encontrar o posto de atendimento do INSS mais perto de você  

Se ainda restou alguma dúvida sobre o reajuste de contribuição do INSS, você pode comparecer a um dos mais de 1550 postos de atendimento do INSS e solicitar informações extras a um atendente. 

reajuste-inss-2019

Não sabe onde tem uma agência? OK, vou te ensinar um mecanismo bem simples para descobri o endereço do posto de atendimento mais próximo de você.  

O primeiro passo é acessar o site do órgão e você pode fazer isso clicando AQUI. Ao acessar esse link, você será direcionado a página que contém um aplicativo capaz de informar todos os endereços de agências do INSS no Brasil, independente de cidade ou estado de localização.  

Clique sobre a opção destacada em amarelo onde diz ENCONTRE UMA AGÊNCIA. O site de dará a opção de buscar a agência através do CEP, pelo endereço ou pela sua localização atual. 

Se optar pelo CEP, insira o CEP desejado e clique em Consultar. Em seguida será exibida a informação contendo o nome da agência, endereço completo e profissional responsável por ela.  

Muito fácil, não é mesmo? Qualquer assunto sobre reajuste do INSS 2019 ou outro item, não deixe de ligar e tirar todas as suas dúvidas.  

Como preencher a guia de contribuição INSS 2019 

As informações que apresentarei aqui podem ser usadas apenas caso você pretenda preencher a guia manualmente e se o pagamento for realizado dentro da data de vencimento do carnê.  

Se o pagamento estiver em atraso, será preciso a emissão de um carnê para pagamento que tenha códigos de barra.  

A guia possui 11 campos que devem ser preenchidos manualmente com os seguintes dados: 

  • CAMPO DE NR 1 – Nome do segurado, telefone e endereço completo; 
  • CAMPO DE NR 2 – Data de vencimento do título; 
  • CAMPO DE NR 3 – Código para pagamento. Se você não souber qual código usar, consulte no site do INSS; 
  • CAMPO DE NR 4 – Competência que será paga, ou seja, deve ser informado o mês, ano de referência do recolhimento. Usar o formato numérico MM/AAAA; 
  • CAMPO DE NR 5 – Informe o identificador que é o número do NIT, PIS ou PASEP do contribuinte; 
  • CAMPO DE NR 6 – Valor devido ao órgão pelo contribuinte; 
  • CAMPO DE NR 11 – Preencher com o valor total a ser recolhido. 

É importante saber que a guia GPS deve ser preenchida em duas vias carbonadas sendo a primeira destinada ao controle do local que vai arrecadar o valor e a segunda é destinada ao contribuinte e pode ser guardada como comprovante de pagamento.  

contribuicao-reajuste-inss-2019

É interessante anexar o comprovante junto ao carnê e guarda-lo para controle que poderá ser usado no futuro.  

Se ainda ficou alguma dúvida, você pode ligar para a central de atendimento 135, acessar a agência virtual MEU INSS ou ir até um posto de atendimento do INSS que fique mais próximo da sua residência.  

reajuste de contribuição mensal do INSS é um procedimento normal que ocorrer todos os anos e deve ser levado em consideração no ato do preenchimento da GPS.