Previdência Privada Vale a Pena?

Entendendo a previdência privada

Se você está pensando em investir na previdência privada e quer saber se vale a pena nós te ajudamos. Abaixo iremos explicar para você os principais pontos positivos e negativos da previdência privada. Mas antes vamos entender um pouco mais sobre o que é a previdência privada. E além de saber melhor como ela funciona vamos entender a diferença entre a previdência privada e a previdência social.

A previdência privada é um plano de investimento muito usado como uma aposentadoria complementar. O sistema da previdência privada é similar a previdência social. Você investe um valor e vai inserindo novos valores. Mais tarde esse valor será resgatado, podendo acontecer todo o valor de uma vez ou por parcelas.

Essa forma de investimento é muito famosa pela população. Sendo muito usada como uma maneira alternativa de aposentadoria ou como uma aposentadoria complementar. Mas será que vale a pena investir seu dinheiro na previdência privada ou deve tentar outra forma de investimento.

Abaixo explicaremos melhor como funciona as taxas cobradas e os impostos dessa forma de investimento. Falaremos também das vantagens e desvantagens da previdência privada. Entenda melhor como funciona as taxas e em quais opções irão valer a pena o investimento na previdência social.

previdencia-privada-vale-a-pena

Taxas e impostos sobre a previdência privada

Quando se vai ao banco para investir em uma previdência privada os cálculos que são mostrados nem sempre estão na sua forma real. Os cálculos não estão mentindo, apenas não estão incluídos lá as taxas e os impostos sobre o valor do investimento. Primeiro vamos entender melhor quais as taxas cobradas pela previdência privada no valor investido. Depois entenderemos como é cobrado os impostos e se é ou não deduzido no imposto de renda.

Há duas taxas principais que são cobradas no valor do investimento da previdência privada. Uma dessas taxas é a taxa de administração. Essa taxa é cobrada pela agência da previdência privada para manter o valor investido no mercado financeira. O valor dessa taxa costuma variar conforme o plano que você escolher. Mas o valor sobrado por essa taxa pode ultrapassar os 3% ao ano.

A segunda taxa muito conhecida cobrada na previdência privada é a taxa de carregamento. Essa taxa é a taxa de movimentação dos valores. O valor pode chegar a 5% em cima dos valores movimentados, de entrada e de saída. Seja qual for o caso o caso o percentual será cobrado sob o valor final.

E os impostos para essa forma de investimento também varia de acordo com o plano que você escolhe. Pode ser de duas maneiras o desconto do imposto de renda: pela tabela regressiva ou pela tabela progressiva. No caso da tabela regressiva é mais vantajoso para quem esta em busca de investir a longo prazo. Essa forma de desconto varia de acordo com o tempo de investimento, quanto maior o tempo menor o valor que será cobrado. Já na tabela progressiva é mais interessante para investidores a curto prazo já que o valor descontado será sob o valor sacado.

vale-a-pena-previdencia-privada

Vantagens e desvantagens da previdência privada

Acima você entendeu melhor a previdência privada assim como as taxas e os impostos cobrados. Agora vamos entender o funcionamento como um todo. Abaixo vamos ver as principais vantagens e desvantagens de investir na previdência privada. Falaremos das situações que esse investimento vale mais a pena.

Lembrando que a previdência privada é um investimento com uma agência, portanto há valores cobrados sob forma de taxa nos valores investidos. Por isso nem toda situação de investimento vale a pena dessa maneira. Mas ela também tem suas vantagens para alguns casos.

Uma das situações que vale a pena o investimento na previdência privada é quando existe o apoio da empresa trabalhada. Tem algumas empresas que investem o mesmo valor que você investe na previdência privada. Dessa forma o valor que será investido no fundo será grande. Mesmo com as taxas e o imposto o valor a ser investido valerá a pena.

Outra situação que vale a pena é quando o investimento é para fim de passagem de herança. A previdência privada não paga o imposto ITCMD. Esse imposto é cobrado na hora de passar a herança para os descendentes. Dessa forma a previdência privada também vale a pena. Porem segundo especialistas para investimento a curto prazo não é muito valido a previdência privada. Pelos altos valores de imposto cobrado e pelas taxas também. Os cálculos mostrados nas agencias geralmente não mostram os descontos do imposto sobre o valor.

Acima você entendeu o que é e como funciona a previdência privada. Você também viu quais as taxas cobradas nessa forma de investimento e os impostos também. Você também recebeu dicas de quando vale mais a pena o investimento na previdência privada. Agora que você entendeu melhor sobre essa forma de investimento basta você decidir qual a melhor opção para você.

previdencia-privada