Aposentado do INSS pode trabalhar?

Será verdade que o aposentado do INSS pode trabalhar ou isso é apenas uma fake news? Descubra agora 

Uma dúvida comum que muitas pessoas têm é se o aposentado do INSS pode trabalhar mesmo recebendo benefício da Previdência Social.  

aposentado-do-inss-pode-ou-nao-trabalhar

Essa dúvida ocorre porque afinal o segurado já está recebendo o benefício e é fácil chegar ao entendimento de que não há a necessidade de que este volte ou continue a trabalhar.  

Essa mesma dúvida é muito comum em relação a beneficiários que recebem pensão por morte e aposentadoria por idade. Da mesma forma é fácil chegar ao entendimento de que o beneficiário por alguma regra do INSS poderia ser impedido de exercer atividade remunerada sob pena de perder o benefício já adquirido.  

Para responder essa pergunta, buscamos informações no site da Previdência Social e revelaremos a seguir se é verdade que o aposentado do INSS pode trabalhar mesmo já recebendo benefício.  

Cidadão aposentado pelo INSS pode trabalhar com carteira assinada? 

No Brasil é preciso ter 65 anos para se aposentador por idade, no caso dos homens e 60 anos no caso das mulheres. Para os que se aposentam por tempo de contribuição o tempo é de 35 anos para os homens e 30 anos para as mulheres.  

Embora a aposentadoria seja algo muito aguardado por boa parte das pessoas que contribuem com a Previdência Social, é comum que muitos optem por se manterem ativos no mercado de trabalho. 

Esse fator tem vários motivos como por exemplo o fato de que o trabalho transmite a sensação de utilidade. O idoso deseja continuar sendo útil, produtivo e ativo e continuar exercendo uma função, tendo uma responsabilidade é algo que o motiva e faz bem para sua autoestima. 

A grande dúvida é se mesmo já aposentado pelo INSS é possível ter a carteira assinada. E a resposta é sim. Mesmo já aposentado e recebendo um benefício pago pelo INSS, o segurado pode trabalhar normalmente. 

A questão é que mesmo já aposentado, esse trabalhador deve contribuir normalmente para com o INSS. Dessa forma ele continua tendo direito a benefícios como auxilio doença, auxilio reclusão, auxilio doença acidentário, salário família, aposentadoria por invalidez permanente e outros. 

Aposentado do INSS pode trabalhar como autônomo? 

O aposentado do INSS que não se enquadre na condição de trabalhador com assinatura em carteira de trabalho, mas que exerça atividade autônoma, pode vir a contribuir com o INSS normalmente, porem como segurado individual.  

aposentado-pode-trabalhar

A realidade é que nada muda em relação ao cidadão já ser aposentado e isso porque um benefício não gera impactos para a realização de novas contribuições.  

A primeira aposentadoria é um benefício adquirido, mas se o cidadão sente à vontade de continuar ativo, é totalmente possível trabalhar tanto com carteira assinado como atuar como autônomo em determinada função.  

Não há impedimentos para ser aposentado e continuar contribuindo com a Previdência Social, Alias, isso é interessante para o próprio INSS e também para o cidadão.  

A única diferença é que o autônomo deve preencher e pagar a guia GPS mensalmente até o dia 15. Por outro lado, os trabalhadores que tem a carteira assinada têm os descontos em sua folha de pagamento todos os meses.  

Ou seja, é a própria empresa que faz a contribuição para a Previdência Social em nome do colaborador.  

Como preencher a guia GPS 

Para que possam ser realizadas as contribuições mensais através da guia GPS, é preciso que o documento seja preenchido corretamente.  

A guia pode ser comprada em papelarias e preenchidas manualmente, porem tudo deve estar correto e sem rasuras.  

Uma informação importante é que guias vencidas não podem ser pagas com o documento preenchido manualmente sendo necessário acessar o sistema SAL para gerar via do documento com códigos de barras. 

Abaixo está descrito todos os campos e informações que precisam conter o documento manual para pagamento: 

  • CAMPO Nº 1 – Nome completo do contribuinte, número do telefone e endereço completo. 
  • CAMPO Nº 2 – Data do vencimento. 
  • CAMPO Nº 3 – Código de pagamento que pode ser consultado no site do INSS e que varia de acordo com a categoria do contribuinte. 
  • CAMPO Nº 4 – Competência – mês e ano de referência descritos no formato numérico MM/AAAA, 
  • CAMPO Nº 5 – Identificador: Diz respeito ao número do NIT PIS PASEP do contribuinte. 
  • CAMPO Nº 6 – Valor devido ao INSS pelo contribuinte. 
  • CAMPO Nº 11 – Valor total a pagar para o INSS. 

aposentado-do-inss-pode-trabalhar

Se houverem outras dúvidas sobre como preencher a guia GPS manualmente ou sobre como acessar a guia com código de barra, entre em contato com a central de atendimento 135 ou acesse o portal do INSS que contém inúmeras informações sobre como proceder nessa situação.  

Os aposentados do INSS podem trabalhador normalmente como qualquer outro cidadão e ainda tem seus direitos previdenciários garantidos mediante as suas contribuições mensais.