Como pagar INSS autônomo

INSS de forma autônoma

Se você não tem trabalho de carteira assinada, mas quer ser segurado pela previdência, você pode pagar o INSS como autônomo. Nesse artigo falaremos como você pode fazer isso e como fazer o calculo do quanto irá pagar. Abaixo você terá todas as informações que precisa para ser um contribuinte autônomo do INSS. A previdência social é responsável por diversos serviços a população brasileira. Entre eles a taxa previdenciária e os benefícios para os segurados.

Muitas pessoas não sabem da oportunidade de pagar a previdência social de forma autônoma. Por isso há baixa procura nessa forma de pagamento. Essa taxa paga para o INSS é descontada na folha de pagamento em trabalhadores com carteira assinada. Ela permite que você seja segurada da previdência social. Podendo ter benefícios caso algo aconteça ou mais tarde se aposentar. Por mais que pareça complicado o pagamento de forma autônoma, não é. Explicaremos de forma simples e detalhada abaixo. De forma que você saberá como pagar o INSS de forma autônoma.

inss-autonomo

Cadastro no programa de integração social

Primeiro você precisa saber se já está inscrito no PIS, programa de integração social. É por meio desse cadastro que você é identificado para acessar seus benefícios sociais. Você pode se cadastrar de forma individual, mas se já trabalhou de carteira assinada já é cadastrado no PIS. Mas se você não tem o cadastro ainda o mesmo pode ser feito por telefone ou internet de forma rápida. A única exigência é que se tenha mais de 16 anos. Você precisará informar a opção contribuinte individual e a atividade exercida. O cadastro no PIS pode ser feito pelo site da Dataprev, pelo numero do INSS 135 ou nas agencias físicas do mesmo. Para realizar o cadastro por telefone ou pela internet não é preciso enviar nenhum documento para os funcionários. Mas fique atento e informe os dados pessoais corretamente.

Se você já trabalhou anteriormente, já é cadastrado no PIS. Para saber o numero do seu cadastro é mais simples do que parece, há varias maneiras de você obter essa informação. Uma das formas de identificar o numero do cadastro é pela carteira de trabalho. Na primeira pagina da carteira de trabalho, logo abaixo do campo PIS/PASEP um numero com dez a onze dígitos. Outra maneira é pelo cartão cidadão. No cartão o numero do PIS está na frente do cartão. Você também pode ter acesso ao numero pelo site da Dataprev. Ao acessar a pagina clique em inscrição e depois em filiado. Então preencha algumas informações pessoais. Outa maneira de saber seu numero de cadastro é por meio do telefone da previdência social, 135. Escolha a opção 5 para ter informações sobre o PIS. Vamos continuar com as informações sobre a contribuição autônoma no INSS.

contribuicao-autonoma-nss

Tipos de contribuição autônoma

Agora que você já tem o cadastro no PIS e já sabe o numero do seu cadastro vamos escolher a forma de contribuição. Na inscrição de contribuinte autônomo você terá varias opções de contribuições. Apresentaremos abaixo algumas mais usadas. Cada forma de contribuição recebem um código diferente para o preenchimento da guia da previdência social.

Uma das formas é o contribuinte individual com recolhimento mensal. Com essa forma de contribuição você ganha o direito de aposentar por tempo de contribuição e por idade. Por isso é a forma mais usada entre os autônomos. O valor é de 20% da sua renda mensal, sendo até 4.663,75. Há também o contribuinte individual com recolhimento trimestral. Também dá o direito de se aposentar por tempo de contribuição ou idade. Porem o valor do pagamento é de 20% da sua renda trimestral.

Para o contribuinte individual com pagamento mensal de valor de 11% os direitos são diferentes. Essa forma de contribuição dá direito apenas de aposentadoria por idade. O mesmo vale para contribuintes que pagam trimestralmente a taxa de 11%. Aa aposentadoria é apenas por idade. Para contribuinte individual rural com recolhimento mensal ou trimestral a regra é a mesma. Porem essa forma de contribuição é destinada a trabalhadores rurais autônomos.

Após você ter escolhido a forma de contribuição que mais se enquadra no se orçamento basta realizar o cadastro. Lembrando que você já fez o cadastro no PIS. Acesse o site do INSS e procure a opção inscreva-se. Por lá você terá mais informações e a opção de se inscrever como contribuinte autônomo. Você precisará preencher algumas informações pessoais e escolher a forma de contribuição.

Após inscrito basta pagar antes do dia quinze as parcelas, sejam trimestrais ou mensais. O guia previdenciário social, a forma de pagamento, pode ser emitido também pelo site do INSS. Você precisará de poucas informações para emitir o mesmo e pagar.

Acima você viu como não é complicado se inscrever como contribuinte autônomo pelo INSS. Em poucos minutos você pode se inscrever como contribuinte individual e ser segurado pela previdência social. Tendo acesso aos benefícios e a aposentadoria mais tarde.

contribuinte-autonomo-inss