INSS Cálculo de Contribuição

Entenda como funciona o cálculo de contribuição do INSS

Você sabia que pode gerar o cálculo de contribuição do INSS sem sair de casa? Isso é possível porque o INSS disponibiliza a seus segurados um sistema que pode ser acessado pela internet através te tablets, telefones celulares, computadores e notebooks.

calculo-de-contribuicao-INSS

Dessa forma é possível gerar facilmente a guia GPS. Pode ser gerada a guia referente ao mês vigente e guias de meses anteriores que estiverem em atraso. Podem ser geradas guias referentes aos últimos 5 anos.

Devido ainda existirem muitas duvidas sobre esse procedimento reunimos as principais informações sobre como gerar o calculo de contribuição do INSS para que você possa entender melhor como funciona o passo a passo.

Como calcular guia de contribuição social INSS

Se você deseja saber como calcular guia de contribuição social INSS, saiba que é muito fácil e rápido. Acesse o site do INSS digitando no navegador INSS.gov e em seguida clique em buscar. Ao acessar a página você verá a página inicial e então é só seguir o caminho Serviços do INSS > Cálculo da guia da Previdência Social > Calcular Guia / Carnê.

Você será direcionado ao SAL – Sistema de Acréscimo Legais. Esse sistema tem a função de administrar os cálculos previdenciários de empresas, órgãos públicos, segurados especiais, empregados facultativos, empregados domésticos e contribuintes individuais. Ainda que essas contribuições estejam em atraso, é a SAL que as gerencia.

Também é função desse sistema conferir acréscimos legais, atualizar diferenças de valores pagos a mais ou a menos, realizar cálculos, atualizar valores para serem restituídos e disponibilizar para consulta tabelas financeiras.

Já na pagina da SAL você visualizara, na parte superior esquerda da página, uma aba chamada Módulos e deverá posicionar o mouse sobre ela para que sejam exibidas as opções Contribuintes filiados antes de 20/11/1999, Contribuintes filiados depois de 20/11/1999 e Empresas e Equiparados e Órgãos Públicos.

Selecione a opção na qual se encaixa para que uma nova tela se abra. Nessa outra tela informe a sua categoria. As categorias existentes são Autônomo, Doméstico, Facultativo e Segurado Especial. Em seguida informe o número do NIS e digita o código de segurança exibido na parte inferior central da página e clique em confirmar.

Em seguida basta seguir as demais instruções e informar o mês de competência que deseja gerar o cálculo de contribuição do INSS.

Códigos de pagamento e instruções manuais do carnê

O portal do INSS é um site que oferece todo suporte e atendimento online para seus contribuintes que podem acessa-lo sempre que necessitarem sanar dúvidas, fazer agendamentos e vários outros serviços oferecidos pela plataforma.

gerar-calculo-de-contribuica-INSS

Sobre o cálculo de contribuição do INSS, o site oferece diversos manuais informativos e manuais bem detalhados que auxiliam o contribuinte que esteja com dificuldades para gerar o carnê de pagamento.

Seguindo o caminho Serviços do INSS > Cálculo da guia da Previdência Social será exibida a página que orienta e da acesso aos serviços sobre esse assunto inclusive os manuais.

Você poderá acessar o seguinte conteúdo:

  • Formas e códigos de pagamento – Contribuinte Individual / Facultativo.
  • Formas e códigos de pagamento – Empregado / Doméstico / Avulso.
  • Formas e códigos de pagamento – Segurados Especiais.
  • Informações sobre percentuais e multas da Receita Federal.
  • Instruções para o preenchimento manual do carnê de contribuição.
  • Informativos sobre os prazos de recolhimento.

Como pode verificar, as informações são bem detalhadas e se aplicam as mais recorrentes duvidas que possam surgir sobre o preenchimento manual das guias para pagamento, códigos de pagamento e muito mais.

Cálculos de contribuição em atraso – Informações

Algo que pode ocorrer é pagar a contribuição com meses em atraso. Para explicar como proceder abordaremos todos os tipos de contribuição e o que fazer e cada uma das situações. Confira abaixo:

  • Empregados domésticos: O pagamento pode ser feito em qualquer época, pois a legislação considera o valor de salário registrado na carteira de trabalho;
  • Facultativos: Os facultativos que tenham deixado de recolher só poderão calcular a contribuição pela Internet se possuírem a qualidade de segurado. Para calcular contribuições vencidas com período superior a 6 meses é necessário comparecer a uma Agência da Previdência Social;
  • Contribuintes individuais: Podem calcular tranquilamente contribuições em atraso através da Internet, porém a contar do primeiro recolhimento em dia ou do cadastro da atividade na Previdência. Para o calcular períodos anteriores a 5 anos, o contribuinte precisa comparecer a uma agência do INSS a partir do 16º de cada mês;

carta-de-cencessao-INSS

  • Comprovação de atividade: Se o cidadão na situação de Contribuinte Individual não possuir atividade registrada na Previdência Social, não estar com o primeiro recolhimento em dia ou se quiser fazer o recolhimento de período decadente, pode pedir que este seja feito nas Agências da Previdência Social mediante comprovante do exercício de atividade pelo período que está devendo.

Os cálculos de contribuição INSS podem ser feitos facilmente seguindo as orientações listadas.