Como contribuir com o INSS – Formas de Contribuição

INSS

As formas de contribuição com o INSS são várias e se você está em busca de mais informações sobre essas formas de contribuição nós te ajudamos. Entenda abaixo quais as formas de contribuição do INSS e como gerar o guia previdência social para pagamento do valor. Mas antes vamos falar um pouco mais sobre o INSS e seus serviços prestados a população.

O INSS é a única instituição pública que tem caráter de prestação de serviços previdenciários a população. Criada em 1990 a mesma vem prestando esses serviços desde então. O serviço mais conhecido pela população e mais procurado sem duvida é a aposentadoria. Porem o INSS disponibiliza vários outros benefícios com caráter se seguridade do trabalhador. São exemplos desses benefícios o auxilio doença e salario maternidade. Para que dessa maneira o trabalhador não fique desamparado.

Todos os serviços oferecidos pelo INSS têm uma serie de requisitos, sendo um deles a contribuição com a instituição. Porem os benefícios e aposentadoria tem outros requisitos que você pode saber mais pela página oficial do INSS.

Para ter acesso a esses serviços é preciso que você seja um contribuinte com a instituição. Quando você é segurado do INSS tem o direito de ter acesso a todos os serviços da instituição e o dever de pagar a contribuição para a mesma. Essa contribuição pode ser deita de diversas formas. Abaixo falaremos um pouco mais sobre as possíveis formas de contribuição com o INSS. Depois falaremos mais sobre o guia previdência social, usado para pagar a contribuição. entenda a diferença entre contribuinte obrigatório, avulsos, empregadas domésticas, individuais e contribuinte especiais.

inss-contribuicao-formas

Formas de contribuição INSS

Como dito acima para ter acesso aos serviços do INSS você precisa ter caráter de segurado. Para ser segurado do INSS você precisa realizar as contribuições com a instituição. Entenda agora quais são as formas de contribuição oferecidas pelo INSS, sendo obrigatória ou facultativa. As formas de contribuição obrigatórias são aquelas que ocorre de maneira automática, sempre que há atividade remunerada.

Entre as opções de contribuição a obrigatória está, a forma mais conhecida, a contribuição como empregado. Nesse caso o trabalhador tem carteira assinada, contrato temporário e outros tipos. Quem cuida dessas ações nessa categoria geralmente é o empregador. Já o trabalhador Avulsos são aqueles que prestam serviços a várias empresas, mas não estão contratados. No caso das empregadas domésticas é aquele funcionário que presta serviço na casa de uma pessoa ou família, não tendo fins lucrativos para o empregador.

Os contribuintes individuais ou autônomos são aqueles que trabalham por conta própria ou presta serviço de natureza eventual para empresas. Nesse caso o trabalhador não pode ter vínculo empregatício. Na forma de contribuição de segurado especial são trabalhadores que individualmente ou em regime familiar trabalha nas áreas de produtor rural, atividade seringueiro, extrativista vegetal, pescador artesanal, conjugue ou filhos de algumas opções acima e índios reconhecidos pela FUNAI. Já a forma de contribuição conhecida como facultativa são pessoas acima de 16 anos que não tem renda própria e decidiram contribuir com o INSS. Essa opção de contribuição é bem conhecida como escolha de donas de casa. Agora que você já sabe as formas de contribuição entenda como você pode manter em dia a sua contribuição com o INSS.

contribuição-INSS

Guia previdência social

Após você escolher a forma de contribuição como INSS e se cadastrar no site com as informações pessoais basta pagar em dia a contribuição. A contribuição é paga por meio do documento chamado guia previdência social. O documento pode ser emitido pelo site do INSS.

Para facilitar a vida do contribuinte o INSS disponibiliza serviços online, um desses serviços é o calculo e a emissão do guia previdência social. Pelo sistema chamado SAL, sistema de acréscimo central, você pode realizar ambos os serviços.

As informações que você irá precisar para o calculo da contribuição e a emissão do guia previdência social são a categoria de contribuição e o numero do NIT. Após realizar o calculo o sistema irá liberar o guia previdência social.

Para trabalhadores de carteira assinada essa burocracia com o INSS é feita pelo empregador, diferente das outras formas de contribuição que é feito pela pessoa física. Nesse primeiro caso o trabalhador não precisa se preocupar com esses cálculos e pagamentos.

Para mais informações sobre as formas de contribuição e os serviços prestados pelo INSS você pode acessar a pagina oficial da instituição. Além das novas informações você tem acesso a serviços e emissões de documentos também. E para o calculo e emissão do guia previdência social você pode acessar o sistema SAL no site da receita federal.

Acima você entendeu as formas de contribuição com o INSS. para que, dessa forma, se torne um segurado e tenha direito aos serviços prestados pela instituição. Entendeu a divisão entre contribuintes obrigatórios e facultativo. E viu como pode calcular e emitir o guia previdência social.

forma-contribuicao-inss